Regulamento

1. GFNY Portugal é uma corrida de bicicleta na qual os atletas são cronometrados individualmente.

2. Inscrição

2.1. A participação no GFNY Portugal é aberta a todos os ciclistas com mais de 18 anos. É critério exclusivo da organização da prova determinar o número total de participantes e a data de encerramento das inscrições.

2.2. Ciclistas que estejam a cumprir suspensão por doping terão as suas inscrições recusadas. Ciclistas que já cumpriram suspensões poderão participar no evento, porém não serão cronometrados, não aparecerão nos resultados e terão de iniciar a corrida na última box da partida.

2.3. Cada competidor garante que a sua condição física é compatível com a prova na qual está inscrito.

2.4. Cada competidor é responsável pela cobertura de seu seguro. O GFNY Portugal pode oferecer cobertura adicional, a seu critério.

2.5. Inscrições não serão reembolsadas, transferidas ou diferidas. Nenhum atleta tem direito a reembolso de inscrição em caso de desqualificação.

2.6. O GFNY Portugal reserva-se no direito de recusar ou revogar uma inscrição de qualquer participante a qualquer momento e/ou desqualificar qualquer indivíduo do evento.

 

3. Equipamento

3.1. Bicicleta: qualquer bicicleta que esteja em boas condições de circulação será permitida. Por questões de segurança, as seguintes bicicletas não são permitidas: bicicletas de triatlo, de contrarrelógio, barras de triatlo /aerodinâmicas, bicicletas duplas, bicicletas propensas ou reclinadas, com assentos em cadeira (exceto para atletas especiais), bicicletas antigas do tipo penny farthing ou monociclos. Bicicletas que não apresentarem condições de segurança poderão ser retiradas do evento a qualquer momento. Não é permitido o uso de bicicletas motorizadas de qualquer tipo.

3.2. Capacetes devem ser utilizados por todos os ciclistas durante toda a prova e devem estar com a cinta de queixo apertada enquanto estiverem a pedalar.

3.3. Camisola/Jersey: É de uso obrigatório a camisola oficial do evento e do respetivo ano. Deve ser utilizada durante todo o tempo do evento, sem exceções. Usar uma camisola diferente acarretará em desqualificação.

3.4. Frontal na bicicleta: a placa com o número e o chip de marcação devem ser presos no guiador e estar sempre visíveis na frente da bicicleta. Qualquer alteração no número acarretará em penalidade de tempo ou desqualificação e poderá interromper o bom funcionamento do chip.

3.5. Número na camisola: o dorsal com o número deve ser preso com alfinetes nos bolsos de trás da camisola. Qualquer posicionamento errado, ou alteração na numeração pode acarretar em penalidade de tempo ou desqualificação.

3.6. Pulseira: a pulseira entregue ao atleta na Expo deve ser usada durante todo o evento.

3.7. Os ciclistas devem transportar, pelo menos, uma câmara/pneu extra e uma bomba que esteja a funcionar ou um cartucho de CO2.

3.8. O uso de headphones acarretará em desqualificação imediata.

 

4. Início

4.1. A partida será às 8 da manhã, em Cascais. Ciclistas sem a camisola oficial, números da bicicleta e da camisola (dorsal), capacete e pulseira na zona de controlo não serão autorizados a entrar.

4.2. As boxes de partida fecham às 7h15 da manhã. Se um ciclista estiver atrasado, não poderá chegar à linha de partida ou realizar a prova.

4.3. Linha de partida:

(1) VIP; campeões dos anos anteriores (geral, categoria por idade); convidados.

(2) Pelotões competitivos:

  • (2.1) Top 10% de cada grupo por idade dos diversos eventos GFNY World Championship.
  • (2.2) Ciclistas de Elite (masculina e feminina) e top 10 das categorias Masters, de acordo com o ranking nacional de 2018 da Federação Portuguesa de Ciclismo e Associação de Ciclismo de Lisboa. Para garantir a presença no pelotão de Elite, cada ciclista deve enviar informação sobre a respetiva categoria e posição no ranking para register@gfnyportugal.com

(3) Restantes ciclistas, de acordo com as categorias de idade (do mais novo ao mais velho).

GFNY Portugal reserva-se o direito de limitar o primeiro pelotão ao top 10% dos atletas que finalizaram os eventos GFNY World, caso haja restrição de espaço.

(4) Ciclistas Portadores de Deficiência com bicicleta especial

Os ciclistas devem integrar as respetivas boxes de partida podendo iniciar a corrida mais atrás do grupo ao qual pertence. Caso haja tentativa de partir num pelotão à frente, o competidor será desqualificado.

 

5. Competição

5.1. Todos os ciclistas são cronometrados com chip do início ao fim. Ranking gerais são determinados por ordem de chegada. O ranking por idade é determinado pelo tempo líquido (chip). Apenas os competidores que completarem o percurso longo (162km) são elegíveis para o ranking competitivo e premiações. O GFNY Portugal reserva-se o direito, a seu total critério, de alterar as regras caso considere apropriado.

5.2. Categorias:

Competição Individual

A categoria é determinada pela idade do ciclista no dia 31 de dezembro de 2017.

  • 18-39 anos – masculino/feminino
  • 40-44 anos – masculino/feminino
  • 45-49 anos – masculino/feminino
  • 50-54 anos – masculino/feminino
  • 55-59 anos – masculino/feminino
  • 60-64 anos – masculino/feminino
  • acima de 65 anos – feminino
  • 65-69 anos – masculino
  • 70-74 anos – masculino
  • acima de 75 anos – masculino

Competição por Equipas

Competidores a título individual também podem registar-se como membros de uma equipa para participar na Competição por Equipas do GFNY Portugal.

  • Cada equipa tem de ter, no mínimo, quatro atletas. Não há limite máximo de ciclistas por formação.
  • Os quatro melhores tempos serão considerados e inseridos no ranking para determinar a equipa mais rápida.
  • Todos os tempos das equipas serão totalizados e ordenadas no ranking.
  • Os quatro melhores ciclistas da equipa vencedora receberão um troféu.
  • Todos os membros de uma equipa estão elegíveis para premiação individual por grupo de idade.

Ele+Ela

Os dois ciclistas devem terminar a corrida com um intervalo máximo de 30 segundos entre eles.

  • Como é difícil encontrar dois ciclistas com as mesmas habilidades e condições físicas, empurrar, arrastar, encorajar, gritar e muitas outras formas de trabalho em equipa são permitidos.
  • A competição Ele+Ela consiste em duas categorias por idade: sub-90 e acima de 90 anos, considerando o somatório das idades dos atletas.
  • Membros de uma equipe Ele+Ela não são elegíveis para as premiações individuais, pois a assistência entre eles está autorizada nesta categoria.

5.3. Os prémios serão distribuídos entre os três primeiros classificados de cada categoria e aos vencedores geral masculino e feminino. A distribuição dos prémios é um critério total da organização do GFNY Portugal. Os prémios que não forem distribuídos durante a cerimónia de premiação serão atribuidos a outros participantes. Os prémios não serão enviados ou entregues a terceiros em nome do vencedor.

5.4. Todos os protestos referentes à ordem de chegada devem ser examinados e resolvidos pelo Juiz Chefe, cuja decisão é final e sem recurso. É de responsabilidade dos ciclistas familiarizarem-se com as regras do evento e percurso antes do início. Seguir rotas alternativas ou atalhos acarretarão em desqualificação da prova em andamento e todos os casos serão banidos das futuras provas do GFNY Portugal.

 

6. Violação

6.1. Nenhum ciclista pode ser desrespeitoso com os diretores de prova, oficiais, staff, outros ciclistas, voluntários e espetadores.

6.2. Não é admitido o uso de linguagem obscena ou abusiva durante o GFNY Portugal.

6.3. Não é admitido nenhum tipo de agressão física a nenhum integrante do GFNY Portugal.

6.4. A violação de qualquer dos pontos acima acarretará em desqualificação e expulsão dos eventos GFNY World.

 

7. Conduta

7.1. Os ciclistas devem obedecer  a todas as leis de trânsito, inclusive sinais e placas, exceto quando orientados em contrário pela polícia e/ou organização do evento. Incumpridores podem ser desqualificados do evento.

7.2. Nenhum ciclista deve fazer movimentos bruscos de modo a interferir no progresso dos outros participantess, seja intencionalmente ou por acidente.

7.3. Qualquer ciclista que ofereça perigo aos outros pode ser desqualificado do GFNY Portugal, seja antes, durante ou depois do evento.

7.4. Puxar e empurrar, ou qualquer outra forma de contato físico entre ciclistas é proibido em todas as categorias, exceto Ele+Ela, na qual a ajuda é encorajada. Quaisquer tipos de dispositivos para puxar e empurrar são proibidos.

7.5. Não é permitido assistência de fora (como por exemplo, mas não restrito, a carros de equipa, carros particulares ou entrega de suprimentos ao longo do percurso).

7.6. Caso um ciclista esteja no chão e em visível dificuldade, o próximo ciclista deve parar e esperar a chegada da assistência médica, incentivando a solidariedade entre os participantes, a não ser que existam, pelo menos, três pessoas a ajudar. Continuar apenas se: a) a vítima esteja bem ou b) assistência médica já tenha chegado. Ajude o próximo, um dia pode ser você a precisar.

7.7. Qualquer transgressão em relação aos pontos acima acarretará em desqualificação e expulsão dos eventos GFNY World.

 

8. Meio Ambiente

GFNY Portugal tem o compromisso de proteger o meio ambiente. Qualquer tipo de lixo produzido deve ser acondicionado nas lixeiras do evento. Urinar em público é proibido e pode levar à desqualificação e expulsão dos eventos GFNY World.

 

9. Drogas de Aumento de Desempenho

9.1. O GFNY Portugal tem o compromisso de promover o desporto livre das drogas. O uso de Drogas de Aumento de Desempenho (DAD) é proibido durante a preparação e durante o evento. O GFNY Portugal reserva-se o direito de realizar controlo de doping antes, durante e após o evento.

9.2. Qualquer violação nas regras do World Doping Association (WADA) acarretará desqualificação, devolução do prémio e expulsão de todos eventos GFNY World. GFNY Portugal partilha resultados positivos de doping com os restantes organizadores de eventos, assim como com o público.

9.3. No caso de qualquer ciclista se recusar a ser testado será automaticamente banido da competição.

9.4. O ciclista que acusar positivo no GFNY Portugal deverá reembolsar a organização pelo valor do teste de doping. Tal ciclista deverá também reembolsar o GFNY Portugal de qualquer dano à sua reputação que seja consequência do seu teste de doping. Caso o ciclista faça parte de uma equipa, esta poderá ser considerada responsável.

 

10. Aceitação de Risco

Todos os que correrem e competirem sob estas regras fazem-no conscientes do seu próprio risco. O GFNY Portugal ou os seus oficiais não tem responsabilidade sobre qualquer tipo de perda ou lesão sofrida ou causada por qualquer pessoa na competição GFNY Portugal.

 

11. Mudança de Regras

As regras podem ser alteradas caso necessário, a total critério do GFNY Portugal.